Campeões da Primeira Etapa da Taça Brasil 2022 em Aracaju | Aracaju Sergipe Surf Festival | Fotos: Claudio Damangar | Arte: Rodrigo Bareja

Num domingo que marcou a história do surf sergipano, a primeira etapa da Taça Brasil da nova CBSurf atraiu atletas de todo o país, felizes com os caminhos que o surf brasileiro vem tomando. Premiação digna e igual para a categoria feminina e masculina são apenas duas das inúmeras mudanças estruturais feitas pela nova gestão do órgão máximo do surf.

Agora o surfista profissional pode contar com circuitos sólidos que pagam premiações que viabilizam correr circuitos completos e viver do esporte que amamos tanto.

Pódio Categoria Feminina| Aracaju Sergipe Surf Festival 2022 | Foto: Claudio Damangar

E falando em mudanças, hoje finalmente as chuvas deram uma trégua e abriram espaço para as baterias decisivas. Ainda estava nublado no início da primeira final do dia onde as atletas Ana Luiza (PB), Nicole Silva (PE), Monik Santos (PE) e Julia Santos (SP) tiveram a chance de testar o seu surf num dos melhores momentos do mar em toda a competição. Foi enquanto a maré cheia secava que Monik Santos provou a sua superioridade técnica e física abusando das rasgadas de frontside bem ao seu estilo. Sua irmã mais nova, Nicole Silva pintou uma dobradinha pernambucana durante boa parte da bateria mas apesar de seu surf impressionantemente forte para uma garota da sua idade, não conseguir conter a experiência da paulista Julia Santos que com muita velocidade cavou até a base da onda para uma batida perfeita que garantiu o seu segundo lugar no pódio.

Atleta: Monik Santos | Aracaju Sergipe Surf Festival 2022 | Foto: Claudio Damangar

No masculino, Amando Tenório (AL) teve dificuldades no início da bateria e deu todo o espaço para Messias Félix (CE), Michael Rodrigues (SC) e Luan Ferreyra (PE). Acredite, nunca dê espaço para Messias Félix numa bateria. Ele que voa sobre pressão, pode criar situações muito complicadas de reverter se deixa-lo livre. O mesmo vale para o Ex-WCT Michael Rodrigues. Michael abriu a bateria com a onda que decretou: “Quem fizer a manobra com mais força seguida do aéreo mais perfeito, vence”. O jovem Luan Ferreyra, apesar de mostrar que é uma das grandes promessas do surf pernambucano, não conseguir acompanhar o ritmo frenético dos mais experientes. No meio disso tudo, eis que do nada ressurge Amando Tenório. Melhor posicionado, descansado, calmo e menos preocupado em acertar o aéreo mais arrojado, Amando teve sague frio para vencer a bateria escolhendo pacientemente as ondas que cabiam duas manobras rápidas ainda no outside e deixando a possibilidade de conectar com uma possível formação no inside para o acaso. Amando Tenório, primeiro campeão da Taça Brasil CBSurf.

Atleta: Amando Tenorio| Aracaju Sergipe Surf Festival 2022 | Foto: Claudio Damangar

No pódio, os atletas receberam a visita ilustre do novo Presidente da Confederação Brasileira de Surf, Teco Padaratz e da Superintendente Especial de Esportes do Governo de Sergipe (e campeã mundial de Caratê 2002) Mariana Dantas. Foi um momento de confraternização do estado de Sergipe com o Surf Brasileiro. Visivelmente emocionado, Teco Padaratz falou da sua alegria em presidir este projeto que na prática realiza o sonho de todos os surfistas do país, viver do esporte que ama. No sorriso largo da Superintendente Mariana Dantas, o estado de Sergipe manifestou que abraça esse projeto com a mesma alegria que Teco demonstrou. Mariana Dantas, além de Superintendente Especial de Esportes do Governo de Sergipe, também passa a fazer parte do conselho da CBSurf.

Flavio “Teco” Padaratz – Presidente da CBSurf | Aracaju Sergipe Surf Festival 2022 | Foto: Claudio Damangar

A nata do surf brasileiro continua em Sergipe. Agora para a primeira etapa do Circuito Brasileiro de Longboard e SUP que acontece dos dias 24 à 26 de junho na mesma praia da Cinelândia. Estão todos convidados.

O Aracaju Sergipe Surf Festival foi uma realização da CBSurf com o patrocínio do Governo do Estado de Sergipe através da sua Secretaria da Educação, dos Esportes e da Cultura. Conta também com o apoio da Prefeitura de Aracaju, Banese, Marata, Açaí na Tigela, Federação Sergipana de Surf, Surfland Brasil, Fisolar, Fu Wax, Monte Claro, Silverbay, Federal Seg, Transamérica, e Arcus Hotel.


Assista a transmissão ao vivo do 3º dia de competições no canal CBSurfPLAY

Siga o nosso Instagram: @cbsurfoficial

Confira o calendário CBSurf 2022 atualizado: CALENDÁRIO

Claudio Damangar – 81 9 9758.5030

Assessoria de Imprensa do Aracaju Sergipe Surf Festival 2022

Aracaju Sergipe Surf Festival 2022, 2º dia, 18/06/2022.

Aracaju Sergipe Surf Festival | Dia 2 | Foto: CBSurf / Claudio Damangar

Hoje foi a estreia das meninas na Taça Brasil CBSurf 2022 e o mar estava tão desafiador para elas quanto para o masculino. Monik Santos (PE), Júlia Santos (SP) e Nicole Silva (PE) tiveram de se esforçar bastante para se destacarem hoje. A pernambucana Monik fez a melhor média (13,83), seguida da paulista Julia Santos (11.60).

No masculino, uma das baterias mais emocionantes foi a de Thiago Eduardo, Matheus Sena, Emanoel Tobias e Gabriel Farias. Uma bateria tão acirrada que o quarto lugar, Gabriel Farias, ainda não acredita que foi desclassificado com uma diferença de menos de 1 ponto para o primeiro colocado.
Matheus Sena, campeão da primeira etapa do CBSurf Pro em Alagoas, liderou quase toda a bateria seguido de perto por todos os seus adversários e só descobriu que ficou em segundo lugar quando a locução anunciou a nota da última onda de Emanoel Tobias que voou para a primeira posição totalizando a média de 10.84 enquanto Matheus totalizou 10.80. Incrível.

Aracaju Sergipe Surf Festival | Dia 2 | Foto: CBSurf / Claudio Damangar

Outra bateria eletrizante foi a de Michael Rodrigues, Kaique Oliveira, Luel Felipe e Yage Araujo.
A batalha de Michael Rodrigues (SC) contra Luel Felipe (PE) foi marcada por um pouco de chuva e muitas manobras fortes jogando muita água para todo lado. Os estilos parecidos dos dois surfistas bateram de frente mas o catarinense levou a melhor e se classificou em primeiro. Luel que se classificou em segundo na bateria mandou o recado de que vai ter revanche.

Surfista: Michael Rodrigues | Foto: CBSurf / Claudio Damangar

Amanhã o dia começa às 8 da manhã para conhecermos quem serão os campeões dessa etapa histórica de abertura da Taça Brasil CBSurf, circuito de acesso para a primeira divisão do surf profissional.

O Aracaju Sergipe Surf Festival é uma realização da CBSURF com o patrocínio do Governo do Estado de Sergipe através da sua Secretaria da Educação, dos Esportes e da Cultura. Conta também com o apoio da Prefeitura de Aracaju, Banese, Marata, Açaí na Tigela, Federação Sergipana de Surf, Surfland Brasil, Fisolar, Fu Wax, Monte Claro, Silverbay, Federal Seg, Transamérica, e Arcus Hotel.

Assista a transmissão ao vivo do 2º dia de competições no canal CBSurfPLAY

Siga o nosso Instagram: @cbsurfoficial

Confira o calendário CBSurf 2022 atualizado: CALENDÁRIO

Claudio Damangar – 81 9 9758.5030
Assessoria de Imprensa do Aracaju Sergipe Surf Festival 2022

Empresa de entretenimento ao vivo desenvolverá plano de marketing e redesenhará Circuito Brasileiro de Surfe. A Dream Factory, uma das principais empresas de entretenimento ao vivo do Brasil, e a Confederação Brasileira de Surfe (CBSurf) fecharam uma parceria estratégica com o objetivo de alavancar ainda mais a modalidade no país.

Diretoria CBSURF e equipe Dream Factory. Foto arquivo: Brigitte Mayer

Em fevereiro, uma nova diretoria liderada pelo surfista Teco Padaratz e outros nomes da história do surfe nacional, como Paulo Moura e Brigitte Mayer, assumiram a gestão da entidade.

De acordo com a CBSurf, serão duas frentes de atuação. Na primeira, a Dream Factory será responsável pelo desenvolvimento de todo o plano de marketing e negócios da confederação, usando a expertise da empresa na construção de marcas e plataformas de entretenimento ao vivo.

Já na segunda parte da parceria, a Dream Factory será a detentora dos direitos do Circuito Brasileiro de Surfe que, a partir de 2023, será redesenhado com o objetivo de promover uma experiência completa e relevante para o público e para as marcas, tendo os atletas como protagonistas.

A ideia é valorizar a sinergia do esporte com a cultura, o lifestyle e a natureza, em um circuito que envolve praias de diferentes localidades do país. O Circuito Brasileiro de Surfe fomentará as regiões por onde passa, valorizando a inclusão social, a diversidade do litoral brasileiro e levando novas oportunidades de negócios, patrocínios e visibilidade.


Para o Presidente da CBSURF Teco Padaratz, a parceria é fundamental.

“Assumimos a CBSurf com o intuito de aumentar o desenvolvimento e a credibilidade do nosso esporte. Com esse acordo com a Dream Factory, damos mais um passo nessa trajetória. Queremos destacar o protagonismo dos nossos heróis do surfe no Brasil, trazendo para o país a valorização que eles já têm no circuito mundial, além de ajudar a desenvolver ainda mais novos atletas. Essa parceria será fundamental para o nosso crescimento como confederação e como circuito nacional”, explicou Teco Padaratz, presidente da CBSurf.

“O momento do surfe para o Brasil é único. Esporte olímpico, grandes ídolos inspiradores, expansão da visibilidade na TV e no streaming, enfim, há uma verdadeira tempestade perfeita. Muito além dos mais de 3 milhões de praticantes, o surfe é um esporte que encanta outras dezenas de milhões de fãs e simpatizantes, pois carrega atributos como sustentabilidade, música, saúde, turismo, gastronomia, arte e moda, movimentando a economia do país. Dentro da nossa estratégia de representar o mosaico da cultura brasileira, o surfe não pode faltar, e esta parceria com a CBSurf é a melhor porta de entrada possível”, resumiu Duda Magalhães, presidente da Dream Factory.

Colaboração
Brigitte Mayer
Alex Willians
e www.maquinadoesporte.com.br

Após um longo período eleitoral e uma vitória unanime, o surfista Flávio Padaratz (Teco) e Paulo Moura foram eleitos Presidente e Vice-Presidente da Confederação Brasileira de Surf (CBSURF).

Presidente Flávio Padaratz e Vice-Presidente Paulo Moura.

Novos Ventos. Com a nova diretoria eleita, uma equipe formada por uma legião de grandes nomes do surf nacional somados à expertise de vários profissionais e suporte irrestrito do COB para atualizar toda a estrutura gestacional da Confederação, a expectativa de um futuro melhor para o nosso esporte campeão olímpico volta a ser positiva. Os trabalhos já se iniciaram e logo em breve projetos, calendários e resultados serão divulgados.

As Federações e os Representantes dos Atletas. Graças ao movimento feitos por atletas de todo o Brasil, Federações e Representantes dos Atletas eleitos democraticamente, hoje podemos vislumbrar dias melhores para o surf em todo o território nacional. A chapa eleita está em contato constante com os Presidentes da Federações e com os Representantes dos Atletas, os mesmos que elegeram a nova diretoria e que participam ativamente de todo o processo de planejamento dos circuitos (masculino e feminino): Profissional, Amador, de Base e todas as categorias de surf que fazem parte da gestão da CBSURF.

Reunião com os Presidentes de Federações.

A equipe do Presidente Flávio Padaratz e Vice Paulo Moura está preparada para atuar. Além da Vice Presidência de Paulo Moura, a diretoria conta ainda com mais uma segunda Vice Presidência que neste caso é ocupada por ninguém mais ninguém menos que Brigitte Mayer, que ficará a cargo de tudo relacionado ao surf feminino, desta forma, a categoria passa pela primeira vez na história a ter uma mulher produzindo e alavancando o surf feminino no Brasil.

Colaboração
Alex Willians