A Confederação Brasileira De Surf vem esclarecer que o Atleta Weslley Everton Domingos de Almeida participará da 6ª e última etapa do Circuito Dream Tour de Surf, a ser realizada entre os dias 05 e 11 de dezembro de 2023, na Praia da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, por força de decisão judicial proferida pelo Exmo. Des. Coelho Mendes do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo.

O referido atleta não foi relacionado entre os participantes da competição por não ter realizado a sua inscrição para a última etapa do circuito no prazo estabelecido.

Após o término do prazo de inscrições, a CBSurf foi procurada pelo Atleta, que informou ter tentado realizar a inscrição e o pagamento da taxa devida, a qual não teria sido concluída em razão de uma fraude em seu cartão de crédito, tendo encaminhado documentos que comprovariam suas alegações.

As informações e documentos disponibilizados foram repassados às empresas responsáveis pela gestão do sistema de inscrição da competição (BIGMÍDIA) e pelo sistema de pagamentos (PAGAR.ME), que, após auditoria, concluíram que não foi identificada nenhuma tentativa de inscrição do atleta no sistema no período de 5 a 12 de novembro de 2023, nem tampouco, acesso ao sistema de pagamentos no prazo de inscrições, tendo sido relatadas, ainda, inconsistências na numeração e data do código de barras do comprovante enviado pelo atleta.

Diante disso, a CBSurf decidiu não permitir a participação do Atleta na etapa do Rio de Janeiro do Dream Tour.

No entanto, em desrespeito à Constituição Federal e à legislação desportiva, o Atleta decidiu ajuizar ação judicial na Justiça Comum, perante o Poder Judiciário da cidade de Ubatuba/SP para que fosse permitida sua participação na competição.

Após o pedido liminar ter sido rejeitado pelo Juiz de 1ª instância, o atleta interpôs recurso ao Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, recebido pelo Desembargador Coelho Mendes, que deferiu o pedido de tutela de urgência para determinar que a CBSurf viabilizasse a inscrição do Atleta na competição.

Diante de tal cenário de disputa judicial, a CBSurf informa que, enquanto entidade de administração do Surf no Brasil e representante da modalidade em território nacional, respeita as autoridades brasileiras e o Poder Judiciário, e cumprirá qualquer decisão judicial em vigor, mas tomará as medidas cabíveis para ver respeitado o regulamento de sua competição e a paridade da disputa entre os participantes do Circuito Dream Tour de Surf.

Confederação Brasileira de Surf – CBSurf

CBSURF logo

Sede: Rodovia Jornalista Manoel de Menezes, 2001, Praia Mole,
Florianópolis/SC – CEP: 88.0061-700.

logo cbs 99

©2024. Confederação Brasileira de Surf – CBSurf