COM CANCELAMENTO DA 3ª ETAPA, SOPHIA MEDINA, CAIO COSTA, SOPHIA GONÇALVES E MURILLO COURA

COMEMORAM CONQUISTAS, ENQUANTO QUE POR EQUIPES, FEDERAÇÃO PAULISTA LEVOU O CANECO

Estão definidos os campeões do Silverbay apresenta CBSurf Júnior Tour 2020, o Circuito Brasileiro de Surf nas categorias de base. Sophia Medina e Caio Costa ficaram com os títulos da sub18 e da sub16 (onde também comemoraram os bicampeonatos), enquanto que Sophia Gonçalves e Murillo Coura levaram na sub14. Em comum, os quatro atletas moram e treinam na Praia de Maresias, em São Sebastião/SP.

Eles terminaram a 2ª etapa, realizada em Ubatuba/SP, na liderança das categorias e com o cancelamento da 3ª e última disputa, marcada inicialmente para os dias 26 e 27 de dezembro, em Natal/RN, a Confederação Brasileira de Surf (CBSurf) oficializou as conquistas. Ficaram válidos, portanto, os resultados em Itacaré/BA, em março, e Ubatuba, em novembro. Com a decisão, também foi definido o ranking por estados e a Federação Paulista de Surf levou mais um título por equipes.  

O presidente da Confederação Brasileira de Surf, Adalvo Argolo, deu os parabéns aos campeões e destacou o nível técnico forte do Circuito e os esforços para a realização das etapas nessa retomada do surf, diante da pandemia do Covid-19. “Com certeza, estamos muito bem representados por esses atletas, que demonstraram nas ondas muita qualidade. Parabéns a todos e também aos outros surfistas que chegaram bem no ranking e engradeceram ainda mais essas conquistas. Parabéns às federações e aos nossos patrocinadores. Foi uma união que tornou esse sucesso”, falou.

“Infelizmente, não teremos a terceira etapa, mas foi uma decisão atendendo a muitos pedidos de federações e atletas, porque a única data disponível se tornou difícil em questão de hospedagem e viagem. Tentamos, ao máximo, adequar todos os nossos eventos, diante da pandemia do Covid-19. Conseguimos realizar, nessa retomada do surf, a etapa de Ubatuba, com muito sucesso, nível excelente e seguindo os protocolos de segurança. Também já fizemos duas do CBSurf Pro Tour, que teremos a final em Salvador. Estamos batalhando ao máximo para garantir campeonatos bem organizados para fomentar o surf”, completou.

BICAMPEÕES – Os atletas ficaram felizes com as conquistas. Sophia Medina garantiu 100% de aproveitamento na sub16, onde foi bicampeã, e assumiu o primeiro lugar na sub18, com a vitória em Ubatuba, barrando o tri de Júlia Duarte, do Rio de Janeiro. “É uma sensação de satisfação garantir dois títulos por todos os treinos durante o ano, todos os dias na água me dedicando e sempre com foco nos meus objetivos. Graças a Deus teve essas etapas durante o ano para poder mostrar os resultados da minha preparação e só tenho que agradecer a Deus pelas vitórias”, disse a irmã caçula do bicampeão mundial Gabriel Medina.

Caio comemorou o bicampeonato na sub16, mantendo a ponta, mesmo parando na semifinal em Ubatuba. Já na sub18, passou para o primeiro lugar com a vitória. “Fiquei muito feliz com a notícia, pois treinei muito com o meu técnico Alex Leco pra alcançar esses objetivos. Conquistar o título brasileiro em duas categorias na mesma temporada não é fácil, pois o nível está muito alto. Ainda conquistar na categoria acima, que é a sub18, foi excelente”, vibrou.

“Esse ano foi tudo bem difícil para todos, mas o Leco me ajudou muito a manter o foco para usar isso a nosso favor e poder treinar mais e me preparar melhor ainda. Essa conquista foi fruto de dedicação e trabalho junto à minha equipe, que acredita muito no meu potencial”, acrescentou.

Sophia Gonçalves também comemorou muito o seu primeiro título brasileiro, ao chegar nas finais das duas etapas. De quebra, ainda foi vice-campeã brasileira na sub16 e quinta colocada na sub18, mostrando futuro garantido. “Eu quero agradecer a Deus, à minha família, aos meus amigos e a todos que torceram por mim. Estou muito feliz, ainda mais nesse ano que foi difícil, de muito processo, aprendizado e experiência, finalizando meu último ano de sub 14 com a sensação de dever cumprido”, agradeceu.

Murillo Coura garantiu o caneco com dois segundos lugares. “Foi um ano difícil de pandemia, mas consegui sempre treinar e estou muito feliz com esse título muito importante para o começo da carreira de qualquer atleta. Queria ter mais campeonatos para poder manter o ritmo, mas quando teve, deu tudo certo. Esse título foi fruto de muita luta, muita dedicação”, ressaltou o atleta.

Por equipes, São Paulo venceu as duas etapas. Em Ubatuba, o domínio foi total, levando as seis vitórias individuais, duas com Sophia Medina, uma com Caio Costa, mais duas com Ryan Kainalo, na sub14 e sub16, e outra com Nairê Marquez, na sub14. “Esse novo título confirma que o trabalho de base feito no nosso circuito paulista gera resultados. Tivemos inúmeros exemplos como o Adriano de Souza e o Gabriel Medina, por exemplo, que começaram no nosso campeonato e chegaram aos títulos mundiais. Essa conquista do CBSurf Júnior Tour nos dá mais motivação para seguir o trabalho”, garantiu o presidente da Federação Paulista de Surf, Silvio da Silva.

No site da CBSurf estão disponibilizados os rankings completos de cada categoria – https://cbsurf.org.br/ranking-junior-2020/.

RANKING FINAL DO CBSURF JÚNIOR TOUR 2020

CATEGORIA SUB18 MASCULINA

1 Caio Costa – SP – 1.730

2 Cauã Costa – RJ -1.555

3 Mateus Sena – RN – 1.470

4 Kauan Hanson – PB – 1.060

CATEGORIA SUB18 FEMININA

1 Sophia Medina – SP – 1.860

2 Júlia Duarte – RJ – 1.590

3 Maju Freitas – RJ – 1.450

4 Nairê Marquez – SP – 1.340

CATEGORIA SUB16 MASCULINA

1 Caio Costa – SP – 1.610

2 Guilherme Fernandes – SP – 1.470

3 Kayki Araújo – SC – 1.165

4 Rodrigo Saldanha – SP – 1.090

CATEGORIA SUB16 FEMININA

1 Sophia Medina – SP – 2.000

2 Kiany Hyakutake – SC – 1.530

2 Sophia Gonçalves – SP – 1.530

4 Nairê Marquez – SP – 1.285

CATEGORIA SUB14 MASCULINA

1 Murillo Coura – SP – 1.720

2 Daniel Duarte – SP – 1.488

3 Gabriel Guerreiro – BA – 1.340

3 Pedro Ryan – CE – 1.340

CATEGORIA SUB14 FEMININA

1 Sophia Gonçalves – SP – 1.590

2 Luara Mandelli – SP – 1.500

3 Maria Eduarda – BA – 1.415

4 Evelym Kaline – PB – 1.340

FONTE: CBSURF

FOTOS: DANIEL SMORIGO

Share on facebook
Share on twitter

NOTA DE PESAR

O esporte olímpico está de luto. O presidente da Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa), João Tomasini Schwertner, faleceu na manhã deste domingo (17) às 10h57

Leia mais
©2020. Confederação Brasileira de Surf