Empresa de entretenimento ao vivo desenvolverá plano de marketing e redesenhará Circuito Brasileiro de Surfe. A Dream Factory, uma das principais empresas de entretenimento ao vivo do Brasil, e a Confederação Brasileira de Surfe (CBSurf) fecharam uma parceria estratégica com o objetivo de alavancar ainda mais a modalidade no país.

Diretoria CBSURF e equipe Dream Factory. Foto arquivo: Brigitte Mayer

Em fevereiro, uma nova diretoria liderada pelo surfista Teco Padaratz e outros nomes da história do surfe nacional, como Paulo Moura e Brigitte Mayer, assumiram a gestão da entidade.

De acordo com a CBSurf, serão duas frentes de atuação. Na primeira, a Dream Factory será responsável pelo desenvolvimento de todo o plano de marketing e negócios da confederação, usando a expertise da empresa na construção de marcas e plataformas de entretenimento ao vivo.

Já na segunda parte da parceria, a Dream Factory será a detentora dos direitos do Circuito Brasileiro de Surfe que, a partir de 2023, será redesenhado com o objetivo de promover uma experiência completa e relevante para o público e para as marcas, tendo os atletas como protagonistas.

A ideia é valorizar a sinergia do esporte com a cultura, o lifestyle e a natureza, em um circuito que envolve praias de diferentes localidades do país. O Circuito Brasileiro de Surfe fomentará as regiões por onde passa, valorizando a inclusão social, a diversidade do litoral brasileiro e levando novas oportunidades de negócios, patrocínios e visibilidade.


Para o Presidente da CBSURF Teco Padaratz, a parceria é fundamental.

“Assumimos a CBSurf com o intuito de aumentar o desenvolvimento e a credibilidade do nosso esporte. Com esse acordo com a Dream Factory, damos mais um passo nessa trajetória. Queremos destacar o protagonismo dos nossos heróis do surfe no Brasil, trazendo para o país a valorização que eles já têm no circuito mundial, além de ajudar a desenvolver ainda mais novos atletas. Essa parceria será fundamental para o nosso crescimento como confederação e como circuito nacional”, explicou Teco Padaratz, presidente da CBSurf.

“O momento do surfe para o Brasil é único. Esporte olímpico, grandes ídolos inspiradores, expansão da visibilidade na TV e no streaming, enfim, há uma verdadeira tempestade perfeita. Muito além dos mais de 3 milhões de praticantes, o surfe é um esporte que encanta outras dezenas de milhões de fãs e simpatizantes, pois carrega atributos como sustentabilidade, música, saúde, turismo, gastronomia, arte e moda, movimentando a economia do país. Dentro da nossa estratégia de representar o mosaico da cultura brasileira, o surfe não pode faltar, e esta parceria com a CBSurf é a melhor porta de entrada possível”, resumiu Duda Magalhães, presidente da Dream Factory.

Colaboração
Brigitte Mayer
Alex Willians
e www.maquinadoesporte.com.br

Share on facebook
Share on twitter
©2020. Confederação Brasileira de Surf