Cauã Costa e Guilherme Lemos fizeram os maiores somatórios da Taça Brasil 2023 na terça-feira na Praia do Borete, em Ipojuca, Pernambuco

CBSurf Taça Brasil Maresia Pro Porto de Galinhas realizou mais 24 baterias na terça-feira, definindo os adversários dos 48 cabeças de chave que vão estrear na terceira fase desta primeira etapa da Divisão de Acesso da Confederação Brasileira de Surf em Ipojuca, no litoral Sul de Pernambuco. Entre os 96 surfistas de 14 estados do Brasil que competiram no segundo dia, os cearenses Cauã Costa e Guilherme Lemos se destacaram nas boas ondas da Praia do Borete. Eles fizeram as marcas a serem batidas na Taça Brasil 2023, que prossegue nesta quarta-feira, a partir das 8h00, ao vivo de Ipojuca pelo canal CBSurfPLAY no YouTube.

Cauã Costa e Guilherme Lemos iniciaram no surfe no Ceará e moram no Rio de Janeiro há alguns anos. Cauã venceu sua bateria por incríveis 18,83 pontos, somando notas 8,83 e 8,00. Guilherme também deu um show no confronto seguinte, atingindo 15,40 pontos com o 8,40 e 7,00 recebidos em suas melhores ondas. Antes deles fazerem os recordes do CBSurf Taça Brasil Maresia Pro Porto de Galinhas, onze cearenses já tinham competido na terça-feira, com cinco se classificando em segundo lugar e seis sendo eliminados da competição.

As primeiras vitórias do Ceará na segunda fase, só aconteceram na 17.a e 18.a baterias do dia. O campeão no ranking da Taça Brasil no ano passado, Cauã Costa, competiu na 17.a e mostrou todo o potencial do seu surfe nas boas ondas da Praia do Borete. Ele arriscou os aéreos nas direitas, fazendo uma série de batidas e rasgadas com velocidade de frontside, para ganhar a primeira nota excelente do campeonato, 8,00. Depois, pegou uma esquerda para mandar dois pancadões de backside, o segundo invertendo tudo com um giro completo na junção, arrancando nota 8,83 dos juízes.

“Eu consegui pegar duas ondas muito boas para tirar duas notas excelentes e estou amarradão com meu surfe”, disse Cauã Costa. “Estou muito conectado com a vala aqui na Praia do Borete e é isso. Estou amarradão e a expectativa para as próximas baterias é altíssima. Estou bem animado, confiante e é isso, vamos com tudo e obrigado a todo mundo que tava na torcida”.

Logo após Cauã Costa derrotar o paulista Renan Rodrigues, o gaúcho Gustavo Borges e o niteroiense Caio Knappi, Guilherme Lemos também deu um show na bateria seguinte, contra o sergipano Joseph Bruno, o capixaba João Bessy e o catarinense Ryan Martins. No domingo, nas mesmas ondas da Praia do Borete, Guilherme ganhou o título da categoria Sub-16 na abertura do Circuito Brasileiro Surf de Base da CBSurf, competindo pela equipe do Rio de Janeiro, onde mora. Na decisão do título, ele fez o maior somatório do campeonato, 15,67 pontos.

Na terça-feira, Guilherme Lemos chegou perto dessa marca, atingindo 15,40 pontos. A sua melhor onda valeu 8,40, que somou com a nota 7,00 de outra onda bem surfada, para fazer o segundo maior placar do CBSurf Taça Brasil Maresia Pro Porto de Galinhas em Ipojuca. Com as vitórias, Cauã Costa foi para a 17.a bateria da terceira fase, encabeçada por dois cearenses, Marcos Alves e Mathias Ramos. E Guilherme Lemos foi para a 18.a, que tem dois cabeças de chave do Rio Grande do Norte, Madson Costa e Emanoel Tobias.

Outros surfistas que se destacaram na terça-feira foram o catarinense Lucas Vicente e o paraibano Elivelton Santos. Lucas conquistou o título mundial Pro Junior da World Surf League em 2019 e venceu sua primeira bateria na Praia do Borete por 15,00 pontos, somando uma nota 8,50. Já o índio voador, Elivelton Santos, acertou um aéreo kerrupt-flip incrível que arrancou 8,60 dos juízes, a segunda maior nota do campeonato.

14 ESTADOS – Assim como na segunda-feira, surfistas de 14 estados do país competiram nas 24 baterias da segunda fase do CBSurf Taça Brasil Maresia Pro Porto de Galinhas. A maioria novamente era de paulistas com 16 competidores, desta vez o mesmo número de cearenses. O terceiro maior pelotão era de Santa Catarina com 14 surfistas, seguido pelo Rio Grande do Norte com 13, Pernambuco com 9, Rio de Janeiro, Paraná e Paraíba com 5 cada um, Bahia e Sergipe com 4, enquanto o Rio Grande do Sul que tinha 2 surfistas e o Espírito Santo, Alagoas e Pará com 1 cada, acabaram sendo eliminados da competição.

Por ter a maioria de competidores, São Paulo foi quem conseguiu mais classificações na terça-feira, com 4 surfistas passando em primeiro lugar e 8 em segundo. O Ceará também tinha 16 participantes na segunda fase e 9 avançaram. Já o estado de Santa Catarina foi quem conquistou mais vitórias, 7 com 1 passando em segundo numa dobradinha estadual. O Rio Grande do Norte e Pernambuco classificaram 5 surfistas cada estado e 3 da Bahia, 2 do Rio de Janeiro, 2 do Paraná, 1 da Paraíba e 1 de Sergipe, também avançaram para a terceira fase.

DOBRADINHAS – Os confrontos estaduais aconteceram na maioria das baterias e algumas terminaram com classificações duplas. A primeira dobradinha aconteceu logo no primeiro confronto da terça-feira, com os pernambucanos José Cláudio e Rocha Junior, despachando o cearense Marcos Cintra e o potiguar Junior Rocha. Depois, tiveram duas dobradinhas paulistas, com Odarci Nonato e Derek Souza na terceira bateria e do Giovani Pontes com Hugo Bomfim na sexta. Na sétima, Daniel Matias e Yage Araujo fizeram uma dobradinha baiana e a última do dia foi catarinense, com Patrick Plachi e Fellipe Ximenes na 13.a bateria.

Depois de duas rodadas de 24 baterias realizadas na segunda e na terça-feira, dos 185 inscritos no CBSurf Taça Brasil Maresia Pro Porto de Galinhas, restaram 96 concorrentes ao título masculino em Ipojuca. Os 48 classificados na terça-feira, vão enfrentar os 48 cabeças de chave do evento, os surfistas mais bem colocados no ranking da Confederação Brasileira de Surf, como o atual campeão brasileiro, Israel Junior, de Baía Formosa (RN). Vai ser a hora das principais estrelas estrearem nas ondas da Praia do Borete, assim como as 40 participantes da categoria feminina, que ainda não foi iniciada em Pernambuco.

CBSurf Taça Brasil Maresia Pro Porto de Galinhas está sendo realizado com patrocínio da Maresia e da Prefeitura do Ipojuca, contando também com o apoio do Bar do Marcão, Fu-Wax, Surfland, Pousada Maresia e da Federação Pernambucana de Surf na realização do evento junto com a Confederação Brasileira de surf. A competição está sendo transmitida ao vivo desde segunda-feira até as finais no domingo pelo canal CBSurfPLAY no YouTube.

BATERIAS DO CBSURF TAÇA BRASIL MARESIA PRO PORTO DE GALINHAS

RESULTADOS DA TERÇA-FEIRA NA PRAIA DO BORETE EM IPOJUCA:

SEGUNDA FASE – 3.o=97.o lugar (200 pts) e 4.o=121.o lugar (175 pts):

  • 1.a: 1-José Cláudio (PE), 2-Rocha Junior (PE), 3-Marcos Cintra (CE), 4-Junior Rocha (RN)
  • 2.a: 1-Uriel Sposaro (SC), 2-Diego Mendes (CE), 3-Ryan Coelho (PR), 4-Arthur Alves (RN)
  • 3.a: 1-Odarci Nonato (SP), 2-Derek Souza (SP), 3-Victor Costa (RN), 4-Ulisses Meira (PB)
  • 4.a: 1-Wallace Vasco (SC), 2-Eric Bahia (SP), 3-Lukas Camargo (PR), 4-Otavio Marinho (RN)
  • 5.a: 1-Tiago Silva (PE), 2-Pedro Araujo (SP), 3-Josafá Santos (PE), 4-Jean Muniz (SE)
  • 6.a: 1-Giovani Pontes (SP), 2-Hugo Bomfim (SP), 3-Belo Lima (SE), 4-Lucas Lisboa (SP)
  • 7.a: 1-Daniel Matos (BA), 2-Yage Araujo (BA), 3-Kayki Araujo (SC), 4-Paulinho Costa (SE)
  • 8.a: 1-Gustavo Costa (SP), 2-Samuel Joquinha (RN), 3-Leonardo Berbet (RN), 4-Samuel Alves (SP)
  • 9.a: 1-Jonatha Santos (RN), 2-Robson Santos (SP), 3-Isaias Silva (CE), 4-Jonas Rodrigues (PB)
  • 10: 1-Caio Costa (SP), 2-Raoni Rocha (CE), 3-Yantuir Bezerra (PE), 4-Levy Batista (CE)
  • 11: 1-Pedro Neves (RJ), 2-Pericles Dimitri (PR), 3-Tayrom da Silva (SC), 4-Klinger Peixoto (AL)
  • 12: 1-Deyvson Santos (RN), 2-Pedro Rian (CE), 3-Jhone Fran (CE), 4-José Muniz (SC)
  • 13: 1-Patrick Plachi (SC), 2-Felipe Ximenes (SC), 3-Jonathan Freitas (RN), 4-Thalis Fonseca (PE)
  • 14: 1-Kayan Medeiros (RN), 2-Lucas Ribas (RJ), 3-Deryck Victor (RN), 4-Henrique Liberato (SP)
  • 15: 1-Luã da Silveira (SC), 2-Cauet Frazão (CE), 3-Noah Machado (SC), 4-Duda Carneiro (CE)
  • 16: 1-Derek Adriano (SC), 2-Itim Silva (CE), 3-Jeff Toco (SC), 4-José Brito (PA)
  • 17: 1-Cauã Costa (CE), 2-Renan Rodrigues (SP), 3-Gustavo Borges (RS), 4-Caio Knappi (RJ)
  • 18: 1-Guilherme Lemos (CE), 2-Joseph Bruno (SE), 3-João Bessy (ES), 4-Ryan Martins (SC)
  • 19: 1-Armando Silva (PE), 2-Vitor Gabriel (BA), 3-Leonardo Lira (PB), w.o-Vitor Ferreira (RJ)
  • 20: 1-Lucas Vicente (SC), 2-Adauto Sena (RN), 3-Lucas Cainan (PR), 4-Flavio Souza (CE)
  • 21: 1-Alex do Carmo (PE), 2-José Russo (CE), 3-Alan Donato (PE), 4-Lailson Ferreira (CE)
  • 22: 1-Walley Guimarães (SC), 2-Ytalo Oliveira (CE), 3-Reginaldo Filho (PB), 4-Sidney Guimarães (SP)
  • 23: 1-Elivelton Santos (PB), 2-Flavio Nakagima (SP), 3-Gabriel Paiva (BA), 4-Victor Midon (RS)
  • 24: 1-Edson de Pra (PR), 2-Murillo Coura (SP), 3-Rafael Barbosa (RN), 4-Diego Brigido (RJ)

PRÓXIMAS BATERIAS DO MARESIA PRO PORTO DE GALINHAS:

TERCEIRA FASE – entrada dos 48 principais cabeças de chave:
——–3.o=97.o lugar (200 pts) e 4.o=121.o lugar (175 pts)

  • 1.a: Amando Tenorio (AL) e Felipe Oliveira (SP), José Claudio (PE), Diego Mendes (CE)
  • 2.a: Igor Moraes (SP) e Flavio Galini (BA), Uriel Sposaro (SC), Rocha Junior (PE)
  • 3.a: Artur Silva (CE) e Diogo Santos (BA), Odarci Nonato (SP), Eric Bahia (SP)
  • 4.a: Luan Ferreyra (PE) e José Junior (RN), Wallace Vasco (SC), Derek Souza (SP)
  • 5.a: Samuel Igo (PB) e Rafael Pedreira (BA), Tiago Silva (PE), Hugo Bomfim (SP)
  • 6.a: Kaua Hanson (PB) e Ivan Silva (PE), Giovani Pontes (SP), Pedro Araujo (SP)
  • 7.a: Thiago Eduardo (CE) e Leo Andrade (BA), Daniel Matos (BA), Samuel Joquinha (RN)
  • 8.a: Rafael Venuto (CE) e Caetano Vargas (SC), Gustavo Costa (SP), Yage Araujo (BA)
  • 9.a: Pedro Dib (SP) e Luan Carvalho (SP), Jonatha Santos (RN), Raoni Rocha (CE)
  • 10: Luciano Brulher (SP) e Glauciano Rodrigues (CE), Caio Costa (SP), Robson Santos (SP)
  • 11: Kaique Timidate (SC) e Lucas Bezerra (CE), Pedro Neves (RJ), Pedro Rian (CE)
  • 12: Renan Pulga (SP) e Douglas Noronha (SP), Deyvson Santos (RN), Pericles Dimitri (PR)
  • 13: Luel Felipe (PE) e Janninfer de Souza (CE), Patrick Plachi (SC), Lucas Ribas (RJ)
  • 14: Marcos Correa (SP) e Anderson Silva Pikachu (RJ), Kayan Medeiros (RN), Felipe Ximenes (SC)
  • 15: Diego Aguiar (SP) e José Francisco (PB), Luã da Silveira (SC), Itim Silva (CE)
  • 16: Luan Wood (SC) e Alexandre Camargo (CE), Derek Adriano (SC), Cauet Frazão (CE)
  • 17: Marcos Alves TT (CE) e Mathias Ramos (CE), Cauã Costa (CE), Joseph Bruno (SE)
  • 18: Madson Costa (RN) e Emanoel Tobias (RN), Guilherme Lemos (CE), Renan Rodrigues (SP)
  • 19: Gabriel Farias (PE) e Israel Junior (RN), Armando Silva (PE), Adauto Sena (RN)
  • 20: Alex Ribeiro (SP) e Ricardo Kjelin (RS), Lucas Vicente (SC), Vitor Gabriel (BA)
  • 21: Luiz Mendes (SC) e Fabricio Bulhões (BA), Alex do Carmo (PE), Ytalo Oliveira (CE)
  • 22: Messias Felix (CE) e Hedieferson Junior (SC), Walley Guimarães (SC), José Russo (CE)
  • 23: Douglas Silva (PE) e Bino Lopes (BA), Elivelton Santos (PB), Murillo Coura (SP)
  • 24: Mateus Sena (RN) e Lucas Pires (RN), Edson de Pra (PR), Flavio Nakagima (SP)

PRIMEIRA FASE FEMININA
– 3.a=25.o lugar (1.800 pts) e 4.a=37.o lugar (1.400 pts):

  • 1.a: Julia Santos (SP), Lari Windy (SP), Mayara Zampieri (SP), Jessica Bianca (PR)
  • 2.a: Nicole Santos (PE), Kiany Cristina (SP), Maria Clara (RN), Ariane Gomes (CE)
  • 3.a: Larissa dos Santos (CE), Kiany Hyakutake (SC), Maria Cesar (BA)
  • 4.a: Ana Lu Silva (PB), Nathalie Martins (PR), Natalie Plachi (SC)
  • 5.a: Nalanda Carvalho (PB), Karol Ribeiro (RJ), Laura Silva (CE)
  • 6.a: Julia Duarte (RJ), Luana Coutinho (SP), Carol Jardim (SP)
  • 7.a: Monik Santos (PE), Naire Marquez (SP), Aurora Ribeiro (SP)
  • 8.a: Juliana dos Santos (CE), Kemily Sampaio (SP), Sophia Gonçalves (SP)
  • 9.a: Vitoria Carneiro (CE), Alexia Monteiro (SC), Jessica Santos (CE)
  • 10: Diana Cristina (PB), Aysha Ratto (RJ), Luara Mandelli (PR)
  • 11: Taís Almeida (RJ), Sarah Ozorio (RJ), Gabriely Queiroz (CE), Krystielle Kymerson (ES)
  • 12: Potira Castaman (BA), Gabriely Vasque (PR), Maria Autuori (SC), Gabriela Teixeira (RJ)

Siga o nosso Instagram: @cbsurfoficial
Se inscreva em nosso canal do YouTube: CBSurfPLAY
Siga a gente no Twitter: cbsurf_oficial
Confira o calendário CBSurf 2023 atualizado: CALENDÁRIO

———————————————————–

Assessoria de Imprensa da CBSURF – [email protected]
JBC Notícias e Assessoria – João Carvalho
(48) 999-882-986 – [email protected]

———————————————————–

SOBRE A CBSURF – Reconhecida pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e pela ISA (International Surf Association), a Confederação Brasileira de Surf (CBSurf) é a entidade nacional de administração do surf e de todas as atividades relacionadas aos esportes com pranchas, como definido no Estatuto da CBSurf. A entidade foi originalmente fundada em 17 de outubro de 1998 e conta com 15 federações estaduais filiadas. A sede atual está situada na cidade de Florianópolis, em Santa Catarina, tendo como presidente Flavio Padaratz e como vice-presidentes Paulo Moura e Brigitte Mayer, eleitos em fevereiro de 2022. A CBSurf tem como missão desenvolver, produzir, chancelar e organizar o Dream Tour e a Taça Brasil, que compõem o Campeonato Brasileiro de Surf, além dos Circuitos Brasileiros do Surf de Base, de Ondas Grandes, do Longboard, da categoria Master, de Stand Up Paddle (Race, Wave, Sprint e Paddleboard) e o Campeonato Brasileiro de Parasurf, todos nas categorias masculina e feminina. Em 2022, a CBSurf iniciou uma nova gestão feita por ex-competidores da elite mundial e pelos melhores profissionais do surf brasileiro, tendo como valor principal o de promover e desenvolver a criação de ídolos nacionais e consolidar as carreiras dos atletas de todas as categorias, inclusive das profissões que gravitam em torno das competições, trazendo dignidade para toda a comunidade do surf brasileiro. Em 2023, o Dream Tour estabelecerá um padrão e patamar inédito e histórico em todo o mundo.

Sede: Rodovia Jornalista Manoel de Menezes, 2001, Praia Mole,
Florianópolis/SC – CEP: 88.0061-700.

logo cbs 99

©2024. Confederação Brasileira de Surf – CBSurf