Com uma premiação recorde na história da modalidade no Brasil , a etapa acontecerá de 17 à 19 de junho em Angra dos Reis no tradicional Aloha Spirit Festival.

Serão distribuídos R$ 40.000,00 entre as categorias profissionais; além disso a etapa será válida também como seletiva para o PASA e o ISA de 2022.

Os atletas do SUP deverão se filiar na Confederação Brasileira de Surf através do Sistema de Gestão Esportiva – SGE CBSurf para constar no ranking brasileiro.

Siga os passos abaixo para se cadastrar e dar seguimento a filiação anual da Confederação:

• Cadastro para atletas que nunca se cadastraram no sistema de gestão esportiva CBSurf SGE:
1– Acesse o link www.cbsurf.bigmidia.com/cadastroExterno/atleta e siga os passos solicitados pelo cadastro;
2– Após cadastrado, entre no SGE com o login e a senha que criou;
3– Após logado no SGE, o atleta precisa realizar a sua filiação anual;
4– Após filiado, o atleta deverá completar o seu cadastro e dar o aceite do Termo de Compromisso.

• Filiação para atletas que já se cadastraram no SGE:
1– Acesse o link www.cbsurf.bigmidia.com para realizar o seu login;
2– Após logado no SGE, o atleta precisa realizar sua filiação anual;
3– Após filiado, o atleta deverá completar o seu cadastro e dar o aceite do Termo de Compromisso.

Pronto, após esses passos, você estará cadastrado e filiado na CBSurf .

O sistema CBSurf SGE possui um chat com a BIGMIDIA que funciona em horário comercial de 9:00h às 18:00h, o chat direcionará as mensagens dos atletas para o e-mail atendimento@bigmidia.com fora deste horário.

O atleta tem ainda a possibilidades de falar direto com a Confederação através do e-mail sas@cbsurf.org.br para tirar dúvidas geradas durante a filiação anual.

Filie-se e faça parte da nova era do SUP brasileiro!

A Confederação Brasileira de Surf anuncia a equipe que irá representar o Brasil no próximo Mundial Júnior da ISA

A edição do ISA WORLD JUNIOR CHAMPIONSHIP 2022 acontecerá de 27 de maio a 05 de junho e os nomes que integram a equipe brasileira nas categorias Sub18 e Sub16 foram definidos pelo ranking brasileiro de 2021, ambos Masculino e Feminino.

O Brasil será representado por 12 atletas no total.

Confira todos os nomes da Seleção Brasileira Júnior:

SUB16
Feminino
Sophia Gonçalves – São Paulo.
Isabelle Nalu – Santa Catarina.
Laura Raupp – Santa Catarina.

Masculino
Rafael Barbosa – Rio Grande do Norte.
Guilherme Fernandes – São Paulo.
Lukas Camargo – Paraná.

SUB18
Feminino
Maya Carpinelli – Santa Catarina.
Kiany Hyakutake – Santa Catarina.
Nairê Marquez – São Paulo.

Masculino
Caio Costa – São Paulo.
Ryan Kainalo – São Paulo.
Leo Casal – Santa Catarina.

A convocação foi feita com atenção ao limite de idade de 16 anos e 18 anos para cada categoria, até o dia 31 de dezembro de 2022. E foi justamente por ter estourado o limite de idade em 2022 que a Campeã Brasileira Sub18 de 2021,Tainá Hinckel, não pode ser convocada.

Também, como houve uma dupla classificação de atletas nas categorias Sub18 e Sub16, com as surfistas Sophia Gonçalves, Isabelle Nalu e Laura Raupp se classificando em ambas as categorias, a diretoria de desenvolvimento da entidade (que nas convocações irá sempre se basear no ranking, priorizando a meritocracia, adotou o critério de posição no ranking e convocou as duas quintas e a sétima colocada do ranking 2021 da categoria Sub18.

Sendo assim, Maya Carpinelli e Kiany Hyakutake foram convocadas para o time sub18. Como na definição da última vaga houve um empate entre Nairê Marquez e Sol Carrion, o critério de desempate utilizado foi o ranking de 2020, confirmando assim Nairê Marquez no time.

A Seleção Brasileira Júnior de Surf embarca dia 24 de maio rumo a El Salvador sob a responsabilidade da CBSurf e conta com o total apoio do COB, o Comitê Olímpico Brasileiro. De acordo com Flávio “Teco” Padaratz, recém eleito presidente da Confederação, a categoria júnior e o seu desenvolvimento é um dos pilares da nova gestão.

“A nova gestão da CBSurf tem como uma de suas premissas o desenvolvimento das categorias de base do esporte! Afinal, temos um celeiro enorme de atletas e é justamente nas categorias de base que buscaremos manter o protagonismo no surf mundial. Para que isso, a CBSurf vai oferecer total estrutura para todas as equipes que representarem a bandeira do Brasil em eventos internacionais, investindo no seu maior patrimônio – os atletas! No Mundial ISA Júnior em El Salvador nossa equipe terá toda a estrutura necessária pra que os atletas representem o Brasil em altíssimo nível e possam trazer medalhas!”

“Estamos buscando oferecer a esses atletas todo o suporte que precisam. Com uma comissão técnica multidisciplinar, proporcionaremos além de uma excelente estrutura no Mundial Júnior da ISA, a oportunidade deles receberem o máximo de informações de qualidade, para que possam se preparar da melhor maneira possível para a próxima fase da carreira que estão para ingressar” diz Luiz Campos, diretor de Desenvolvimento e Alto Rendimento da CBSurf, que irá capitanear a seleção brasileira no mundial.

Comissão Técnica A Comissão Técnica da Seleção Brasileira Júnior é formada por Luiz Campos (Chefe de Equipe e Treinadores), Andrea Lopes (Técnica Feminino), Gilmar Silva  (Técnico Masculino), Eduardo Takeuchi  (Preparador Físico), Dr. Pedro Guimarães (Médico), Julio Bransford (Massoterapeuta) , Dra. Maria Lucia Contreras (Psicóloga), Marcelo Pelosini (Vídeo) e Daniel Cruz (Vídeo).

#CBSURF #TIMEBRASIL #SURFBRASIL #GALAPAGOSOUTDOOR #HAVAIANAS

A Confederação Brasileira de Surf – CBSURF abre as inscrições para a primeira etapa do circuito TAÇA BRASIL DE SURF PROFISSIONAL masculino e feminino que acontece entre os dias 16 e 19 Junho de 2022 em Sergipe e vai distribuir R$ 100.000,00 em prêmios.

Com vagas para 128 atletas da categoria masculina e 32 atletas da categoria feminina, as inscrições serão aceitas entre os dias 13 e 23 de Maio de 2022.

Apenas atletas filiados poderão se inscrever. Para se filiar é preciso efetuar o cadastro no sistema de gestão de atletas (SGE) da CBSURF e realizar sua filiação anual. Em seguida o atleta poderá fazer a sua inscrição na primeira etapa.

Categoria Profissional Masculino e Feminino:
Filiação Anual – 2022: R$300,00
Inscrição por etapa: R$250,00

Veja como se cadastrar, filiar e se inscrever na primeira etapa pelo sistema CBSurf SGE:

• Cadastro para atletas que nunca se cadastraram no sistema de gestão esportiva CBSurf SGE:
1– Acesse o link https://cbsurf.bigmidia.com/cadastroExterno/atleta e siga os passos solicitados pelo cadastro;
2– Após cadastrado, entre no SGE com o login e a senha que criou;
3– Após logado no SGE, o atleta precisa realizar a sua filiação anual;
4– Após filiado, o atleta seleciona o evento de acordo com seu gênero (masculino ou feminino) para realizar sua inscrição e o aceite do Termo de Compromisso.

• Filiação e inscrição para atletas que já se cadastraram no sistema de gestão esportiva CBSurf SGE:
1– Acesse o link https://cbsurf.bigmidia.com/ para realizar o seu login;
3– Após logado no SGE, o atleta precisa realizar sua filiação anual;
4– Após filiado, o atleta seleciona o evento de acordo com seu gênero (masculino ou feminino) para realizar a sua inscrição e aceite do Termo de Compromisso.

Pronto, após esses passos, o (a) estará cadastrado (a), filiado (a) anualmente e inscrito (a) na primeira etapa da TAÇA BRASIL DE SURF PROFISSIONAL 2022 CBSURF.

O sistema CBSurf SGE possui um chat com a BIGMIDIA que funciona em horário comercial de 9:00h às 18:00h, o chat direcionará as mensagens dos atletas para o e-mail atendimento@bigmidia.com fora deste horário.

O atleta tem ainda a possibilidades de falar direto com a Confederação através do e-mail sas@cbsurf.org.br para tirar dúvidas geradas durante a filiação anual e a inscrição.

Regras para a formação da equipe Brasileira de Surf Profissional que vai representar o país na competição internacional PASA GAMES 2022 (Panamá).

#CBSURF #TIMEBRASIL #PASA #PASAGAMES2022

´

E Com muita felicidade e orgulho, que a CBS, através dos seus Vice Presidentes Paulo Moura e Brigitte Mayer, vem anunciar seu novo calendário de competições. Vale ressaltar que neste calendário, todas as categorias estão contempladas, e algumas até receberão competições inéditas na história do surfe, como o primeiro Campeonato Nacional de Surfe Adaptado e o primeiro Circuito Brasileiro de Ondas Grandes.


E isso é só o começo, pois tudo indica que ano que vem teremos mais eventos e maiores premiações. Isso tudo é resultado de um trabalho de equipe, nessa nova gestão da CBS, em parceria com a Agência Dream Factory, e junto com as Federações Estaduais e os Representantes de Atletas de todas as categorias. Portanto, preparem-se pra uma nova era do surfe brasileiro.

Flávio “Teco” Padaratz
Presidente eleito da Confederação Brasileira de Surf – CBS

#CBS #SURF #BRASIL

Empresa de entretenimento ao vivo desenvolverá plano de marketing e redesenhará Circuito Brasileiro de Surfe. A Dream Factory, uma das principais empresas de entretenimento ao vivo do Brasil, e a Confederação Brasileira de Surfe (CBSurf) fecharam uma parceria estratégica com o objetivo de alavancar ainda mais a modalidade no país.

Diretoria CBSURF e equipe Dream Factory. Foto arquivo: Brigitte Mayer

Em fevereiro, uma nova diretoria liderada pelo surfista Teco Padaratz e outros nomes da história do surfe nacional, como Paulo Moura e Brigitte Mayer, assumiram a gestão da entidade.

De acordo com a CBSurf, serão duas frentes de atuação. Na primeira, a Dream Factory será responsável pelo desenvolvimento de todo o plano de marketing e negócios da confederação, usando a expertise da empresa na construção de marcas e plataformas de entretenimento ao vivo.

Já na segunda parte da parceria, a Dream Factory será a detentora dos direitos do Circuito Brasileiro de Surfe que, a partir de 2023, será redesenhado com o objetivo de promover uma experiência completa e relevante para o público e para as marcas, tendo os atletas como protagonistas.

A ideia é valorizar a sinergia do esporte com a cultura, o lifestyle e a natureza, em um circuito que envolve praias de diferentes localidades do país. O Circuito Brasileiro de Surfe fomentará as regiões por onde passa, valorizando a inclusão social, a diversidade do litoral brasileiro e levando novas oportunidades de negócios, patrocínios e visibilidade.


Para o Presidente da CBSURF Teco Padaratz, a parceria é fundamental.

“Assumimos a CBSurf com o intuito de aumentar o desenvolvimento e a credibilidade do nosso esporte. Com esse acordo com a Dream Factory, damos mais um passo nessa trajetória. Queremos destacar o protagonismo dos nossos heróis do surfe no Brasil, trazendo para o país a valorização que eles já têm no circuito mundial, além de ajudar a desenvolver ainda mais novos atletas. Essa parceria será fundamental para o nosso crescimento como confederação e como circuito nacional”, explicou Teco Padaratz, presidente da CBSurf.

“O momento do surfe para o Brasil é único. Esporte olímpico, grandes ídolos inspiradores, expansão da visibilidade na TV e no streaming, enfim, há uma verdadeira tempestade perfeita. Muito além dos mais de 3 milhões de praticantes, o surfe é um esporte que encanta outras dezenas de milhões de fãs e simpatizantes, pois carrega atributos como sustentabilidade, música, saúde, turismo, gastronomia, arte e moda, movimentando a economia do país. Dentro da nossa estratégia de representar o mosaico da cultura brasileira, o surfe não pode faltar, e esta parceria com a CBSurf é a melhor porta de entrada possível”, resumiu Duda Magalhães, presidente da Dream Factory.

Colaboração
Brigitte Mayer
Alex Willians
e www.maquinadoesporte.com.br

Após um longo período eleitoral e uma vitória unanime, o surfista Flávio Padaratz (Teco) e Paulo Moura foram eleitos Presidente e Vice-Presidente da Confederação Brasileira de Surf (CBSURF).

Presidente Flávio Padaratz e Vice-Presidente Paulo Moura.

Novos Ventos. Com a nova diretoria eleita, uma equipe formada por uma legião de grandes nomes do surf nacional somados à expertise de vários profissionais e suporte irrestrito do COB para atualizar toda a estrutura gestacional da Confederação, a expectativa de um futuro melhor para o nosso esporte campeão olímpico volta a ser positiva. Os trabalhos já se iniciaram e logo em breve projetos, calendários e resultados serão divulgados.

As Federações e os Representantes dos Atletas. Graças ao movimento feitos por atletas de todo o Brasil, Federações e Representantes dos Atletas eleitos democraticamente, hoje podemos vislumbrar dias melhores para o surf em todo o território nacional. A chapa eleita está em contato constante com os Presidentes da Federações e com os Representantes dos Atletas, os mesmos que elegeram a nova diretoria e que participam ativamente de todo o processo de planejamento dos circuitos (masculino e feminino): Profissional, Amador, de Base e todas as categorias de surf que fazem parte da gestão da CBSURF.

Reunião com os Presidentes de Federações.

A equipe do Presidente Flávio Padaratz e Vice Paulo Moura está preparada para atuar. Além da Vice Presidência de Paulo Moura, a diretoria conta ainda com mais uma segunda Vice Presidência que neste caso é ocupada por ninguém mais ninguém menos que Brigitte Mayer, que ficará a cargo de tudo relacionado ao surf feminino, desta forma, a categoria passa pela primeira vez na história a ter uma mulher produzindo e alavancando o surf feminino no Brasil.

Colaboração
Alex Willians

Estatuto-2020

EVENTO SERÁ EM DIAS DE SEMANA COMO MEDIDA DE PRECAUÇÃO

NA PANDEMIA DO COVID-19 E EVITAR AGLOMERAÇÕES NA PRAIA

Como medida de precaução na pandemia do Covid-19, a abertura do Silverbay apresenta CBSurf Pro Tour 2020 será realizada em dias de semana, para evitar possíveis aglomerações no local. O evento está confirmado pela Confederação brasileira de Surf para os dias 27 a 29 deste mês, na Praia Grande, em Ubatuba, litoral paulista, mesmo “palco”, que recebeu com grande sucesso o encerramento do ranking 2019.

Esta é a primeira etapa do Circuito realizado pela CBSurf definindo os campeões brasileiros profissionais masculino e feminino, com R$ 80 mil de premiação, dividida igualmente entre as duas categorias. “Definimos a etapa em dias de semana, período em que as praias estão mais vazias. Assim, evitamos possíveis aglomerações e também os competidores terão menos custos com hospedagens, passagens”, afirma o presidente da CBSurf, Adalvo Argolo.

Jadson André. Foto: Aleko Stergiou

O campeonato seguirá um rigoroso protocolo de segurança em relação ao Covid-19. “Esse protocolo estará em consonância com todas as exigências sanitárias dos órgãos competentes e à disposição dos atletas no site onde serão feitas as inscrições”, ressalta o presidente da CBSurf.

As inscrições serão feitas 100% on-line e cada surfista só poderá se inscrever após ler e concordar com todas as regras estabelecidas o protocolo. Nos próximos dias o site e link para as inscrições serão divulgados. Os atletas poderão se inscrever a partir do dia 9, às 10 horas. O valor será de R$ 300,00 (trezentos reais) e as vagas limitadas a 96 atletas no masculino e 32 no feminino.

A organização alerta que não existe prioridade ou restrição para as inscrições e será considerada a ordem cronológica até o preenchimento das vagas. As inscrições seguem abertas até o dia 20, às 10 horas, mas podem ser prorrogadas até o dia 23, às 18h, dependendo do número de inscritos. Nesse caso, o valor nesse período passa a ser de R$ 350,00 (trezentos e cinquenta reais).

Larissa dos Santos. Foto: Aleko Stergiou

“Nosso objetivo é realizar um evento de altíssimo nível, para que os nossos surfistas voltem a competir, mantenham ritmo. O projeto é fazer três etapas ainda este ano, dependendo da situação da pandemia, claro. Logo também anunciaremos a etapa das categorias de base, porque temos de preparar a nova geração”, reforça Adalvo Argolo.

Uma das importantes medidas que serão adotadas é a divisão do cronograma por categorias. O primeiro dia será reservado para as disputas femininas. “Assim, teremos menos atletas junto ao evento. Ficarão na área apenas quem vai competir”, reforça o presidente da Federação Paulista de Surf, Silvio da Silva, o Silvério, entidade que organizará a etapa, junto com a Associação Ubatuba de Surf (AUS) e a CBSurf.

Esse é o terceiro ano que o CBSurf Pro Tour é realizado. Em 2018, os campeões foram o potiguar Jadson André, que retornou à elite mundial, e a cearense Larissa dos Santos. No ano passado, levaram os títulos o cearense Artur Silva e a paulista Júlia Santos. O Silverbay apresenta CBSurf Pro Tour 2020 tem o apoio da ST Blanks, divulgação de Waves e organização da Federação Paulista de Surf, Associação Ubatuba de Surf (AUS) e Confederação Brasileira de Surf.

Jadson André. Foto: Aleko Stergiou

Entidades filiadas à CBS:

FGSSURF – FEDERAÇÃO GAÚCHA DE SURF

FECASURF – FEDERAÇÃO CATARINENSE DE SURF

FEDERAÇÃO PARANAENSE DE SURF

FEDERAÇÃO PAULISTA DE SURF

FESERJ – FEDERAÇÃO DE SURF DO RIO DE JANEIRO

FESURES – FEDERAÇÃO DE SURF DO ESPÍRITO SANTO

FBSURF – FEDERAÇÃO BAIANA DE SURF

FEDERAÇÃO SERGIPANA DE SURF

FESEA- FEDERAÇÃO DE SURF DO ESTADO DE ALAGOAS

FEDERAÇÃO PERNAMBUCANA DE SURF

FEDERAÇÃO PARAIBANA DE SURF

FESURF – FEDERAÇÃO DE SURF DO RIO GRANDE DO NORTE

FEDERAÇÃO DE SURF DO ESTADO DO CEARÁ

FEDERAÇÃO PARAENSE DE SURF

FEDERAÇÃO MARANHENSE DE SURF – FEMASURF