O segundo dia do Maresia apresenta CBSurf Pro Tour, a 2ª Etapa do Circuito Brasileiro de Surf Profissional, começou eletrizante com a categoria feminina definindo os nomes das finalistas na Praia da Taíba, em São Gonçalo do Amarante, no Ceará.

A cearense Ariane Gomes abriu os trabalhos do dia com uma onda 6.50, seguida por um 5.0 para vencer a primeira semifinal, mais uma vez com as notas das suas duas primeiras ondas surfadas na bateria, a exemplo do que ela fez no primeiro dia da competição, garantindo uma das vagas na Final.

Yanca Costa, cearense radicada no Rio de Janeiro, mostrou que está com o surfe afiado e também garantiu vaga na grande Final, confirmando o favoritismo e a ponta do campeonato ao avançar junto com a conterrânea.

As cariocas Taís Almeida e Karol Ribeiro acabaram não se encontrando na bateria e com scores muito baixos, acabaram se despedindo da competição na 5ª e 7ª colocações, respectivamente.

Na segunda bateria das semifinais Feminino a catarinense Tainá Hinckel e a carioca Júlia Duarte garantiram as vagas restantes para a grande final. Juliana dos Santos (CE) e a paulista Isabela Saldanha acabaram eliminadas e deram adeus à competição na 5ª e 7ª colocações, respectivamente.

Na sequência os homens entraram na água para finalizar o Round 1 do evento, que teve início no dia anterior. Nessa etapa um dos grandes destaques foi o cearense de apenas 15 anos, Ytalo Oliveira, que surfou muito bem e conseguiu avançar de fase junto com seu grande ídolo, o também cearense Heitor Alves, que venceu a bateria.

FINAL FEMININO

A bateria mais importante para a Categoria Feminino, a grande Final, iniciou de maneira eletrizante logo após a conclusão do Round 1 do Masculino, com Yanca e Tainá revezando a liderança.

Ariane optou por se distanciar das demais competidoras e esperar uma boa onda para abrir a bateria. E assim que a onda veio ela mostrou porque é considerada um dos maiores talentos do surfe feminino surgido no Ceará nos últimos anos. Com um estilo polido, finalizações seguras e muita radicalidade, Ariane tomou de assalto a liderança, que naquele momento estava nas mãos da catarinense, para manter-se em primeiro até o término da bateria, levando a torcida local à loucura nas areias da Praia da Taibinha.

Tainá até tentou reagir, mas não conseguiu superar as melhores notas da cearense que compete pela primeira vez no Circuito Brasileiro de Surfe Profissional. Com o resultado Ariane assumiu a vice-liderança do CBSurf Pro Tour 2020.

Yanca, apesar de não ter vencido, também comemorou muito o resultado, pois, confirmou a liderança do circuito totalizando 1.590 pontos nas duas etapas, enquanto Ariane somou 1.380 pontos.

DCIM\100GOPRO\GOPR0859.JPG

 “Estou muito emocionada. Há duas semanas eu completei 19 anos e sentia que Deus de alguma forma iria me presentear. No Cearense eu fiquei em vice, mas aqui eu estava determinada a vencer. Estou tão feliz que não sei nem o que falar além de muito obrigado, meu Deus!”, declarou a campeã.

De fato, Ariane construiu a vitória sobre uma estratégia bem definida. Ela se manteve ativa a bateria inteira, procurando as melhores ondas e se desvencilhando de qualquer possibilidade de marcação para poder apresentar o seu melhor surfe. Remou em toda área de competição, hora à esquerda, hora à direita do palanque. Deu certo e a estreante que ficou conhecida como a “Matadora de Gigantes” presenteou a todos que testemunharam sua vitória com a rara oportunidade de assistir ao nascimento de uma estrela do esporte.

Agora, as meninas voltam a se encontrar na 3a Etapa do CBSurf Tour, que rola em Salvador, na Bahia, entre os dias 18 e 20 de dezembro, onde teremos a definição dos campeões nacionais de Surf Profissional.

RESULTADOS FEMININO PRO

1 – Ariane Gomes – R$ 12.000

2 – Tainá Hinckel – R$ 6.000

3 – Yanca Costa – R$ 4.000

4 – Júlia Duarte – R$ 3.000

MASCULINO

Enquanto a categoria Feminino definia suas campeãs, os homens tratavam de se concentrar para dar início às disputas do Round 2 da competição, que foram repletas de grandes emoções e performances arrasadoras!

Destaque para Artur Silva-CE, que avançou sua bateria na primeira colocação. Artur precisa de um bom resultado se quiser manter as chances de defesa do Título Brasileiro de Surfe Profissional, que atualmente é seu, já que na etapa de abertura ele terminou na 17ª colocação.

Destaque também para Wesley Dantas, que venceu a bateria de número quatro desse round e garantiu a presença da família Dantas no Round 3.

Contudo, quem mais aproveitou o conhecimento das ondas no segundo dia do CBSurf Pro Tour foram os nordestinos, que contabilizaram os maiores scores do dia, como Alan Jhones-RN, que somou 14.25 e Elivelton Santos-PB, que pelo segundo dia consecutivo atingiu o somatório mais alto dentre os homens, 14.65. Ambos avançaram para a fase seguinte vencendo suas baterias.

E ainda teve high score no “apagar das luzes”, com o cearense Edvan Silva cravando a maior nota do dia e do campeonato na última bateria. Ele já havia tirado um 9.25 em sua primeira nota no Round 1 e repetiu a façanha, desta vez anotando um 9.50 na primeira onda surfada no Round 2 para liderar a bateria de ponta a ponta. Edvan, que venceu uma etapa do Cearense Pro na Taíba no ano passado, coleciona vários títulos, dentre eles o de Tetracampeão Cearense, Bicampeão Nordestino e um de Campeão Potiguar, todos na categoria Profissional. Com isso o local da Praia da Leste-Oeste se credencia como um dos favoritos à conquista do título da etapa cearense do CBSurf Pro Tour 2020.

BAIXAS

As principais baixas ficaram por conta das eliminações dos três primeiros colocados no Ranking: os paulistas Marcos Corrêa, que chegou na Taíba líder do circuito, Edgard Groggia, que até ontem era o segundo e Wiggolly Dantas, que estava na terceira colocação. Dessa forma o certame nacional se abre para vários atletas que não se deram tão bem na primeira etapa do circuito, o que, por si só, já garante uma dose a mais de adrenalina e emoção para o terceiro e último dia do Maresia Apresenta: CBSurf Pro Tour, programado para encerrar nesta sexta-feira (27). Façam suas apostas!    

RESPONSABILIDADE AMBIENTAL

Novamente, a etapa do CBSurf Tour é marcada pela valorização às ações em prol da sustentabilidade e respeito ao meio ambiente, com as camisas de competição – usadas para identificar os atletas no mar – feitas com tecido desenvolvido a partir da reciclagem de garrafas pet, que são reduzidas a fios para a produção do tecido. A iniciativa é da Silverbay, em parceria com a Coltex, com o objetivo de minimizar o impacto ambiental gerado por seus produtos, usando matérias primas mais conscientes para o planeta.

PROTOCOLOS DE SAÚDE, SEGURANÇA E MEDIDAS DE PREVENÇÃO

O Maresia apresenta CBSurf Pro Tour 2020 está seguindo rigorosamente todos os protocolos preconizados pelas autoridades sanitárias e de saúde. Assim como ocorreu na etapa inicial, em Ubatuba-SP, o evento está sendo realizado em dias de semana, para evitar aglomerações na praia, devido à pandemia do coronavírus. Medidas de prevenção estão sendo adotadas, com um protocolo de segurança, que deverá ser cumprido por todos os surfistas, técnicos, acompanhantes e membros do staff técnico. Até mesmo as lycras de competição estão sendo sanitizadas a cada bateria, além da exigência do uso de máscaras por todos que estejam em qualquer uma das partes das estruturas do evento.

TRANSMISSÃO AO VIVO

Todas as baterias, bem como o cronograma (sujeito a alterações, de acordo com as condições do mar) estão disponíveis no link cbsurf.org.br/baterias-do-cbsurf-pro-tour. Você também pode acompanhar a Transmissão Ao Vivo através do Canal da CBSurf no You Tube e também no link:  http://www.wavedatasystems.com/live/?2020f5c423f5104e80e32cd59a5f3d0401cb .

O Maresia Apresenta: CBSurf Pro Tour 2020 conta com o Patrocínio do Governo do Estado do Ceará. Apoio: Governo de São Gonçalo do Amarante, Revista Beach Show, Orbe Telecom, Pousada Taíba Inn, Pousada da Taíba e Pousada Arco Mundial. Realização: Federação de Surf do Estado do Ceará, Top 16 Marketing Esportivo e CBSurf.

Texto: George Noronha

Fotos: Lima Jr.

Share on facebook
Share on twitter

CBSurf Pro e Junior

Tudo pronto para o evento que vai definir o ranking Profissional e Amador da Confederação Brasileira de Surf 2021 Entre os dias 13 e 19

Leia mais
©2020. Confederação Brasileira de Surf