O surf fará a sua estreia como modalidade olímpica em Tóquio, no próximo ano, mas há mais de 100 anos um surfista já era um dos grandes destaques nos Jogos Olímpicos. O havaiano Duke Kahanamoku, eleito o surfista do Século, o “pai” do surf moderno, brilhou nas piscinas em nada menos que três edições do maior evento esportivo do planeta.

Foi bicampeão olímpico na prova mais clássica da natação os 100 metros livre e quase chegou ao tri, numa disputa que ficou marcada na história contra o americano John Weissmuller, que depois ganharia ainda mais fama ao se tornar o Tarzan, em Hollywood.

No total, Duke garantiu cinco medalhas, sendo três de ouro e duas de prata. Os primeiros pódios foram ainda nos Jogos de 1912, em Estocolmo, com ouro nos 100 metros livre e prata no revezamento 4x200m livre. Em 1920, em Antuérpia, mais duas medalhas douradas nas mesmas provas.

Nesses Jogos, então com 30 anos, tornou-se o nadador mais velho a ganhar uma medalha de ouro olímpica em provas individuais, recorde que só foi superado 96 anos depois por Michael Phelps, com 31 anos.

Já em 1924, em Paris, um momento marcante, com a disputa com Weissmuller. Esse capítulo especial da história dos Jogos Olímpicos é contado num vídeo da Série On The Line, do Olympic Channel, apresentada no Brasil em parceria com a Globo e apresentado no Globoesporte.com.

Duke é o único atleta que figura no Hall da Fama da Natação e do Surf. Sem dúvida, é até hoje o grande personagem do surf. Depois da última medalha olímpica em Paris, voltou para o Havaí onde ajudou a disseminar o esporte mundialmente e tornar o arquipélago, até o momento pouco conhecido, na meca dos surfistas. A estátua em sua homenagem na famosa Praia de Waikiki, em Honolulu, retrata bem essa fama e a idolatria por sua história.

Então, o surf distribuirá as primeiras medalhas olímpicas em Tóquio, mas um surfista, na verdade, o principal surfista de todos os tempos, já tinha iniciado a história mais de 100 anos atrás. Nos Jogos de 2021 (adiados este ano devido à pandemia do coronavírus), as disputas serão realizadas na praia de Tsurigasaki e o Time Brasil estará completo, com Italo Ferreira, Gabriel Medina, Tatiana Weston-Webb e Silvana Lima.

Assista: https://globosatplay.globo.com/sportv/v/8610478/

Share on facebook
Share on twitter