Eder Luciano, tricampeão mundial do ISA Bodyboarding Games, será o representante do bodyboarding na entidade

 O Bodyboarding terá um representante na CBSurf a partir deste mês. O tricampeão mundial do ISA Games, Eder Luciano, de Itapema (SC), foi nomeado para fazer parte da Comissão de Atletas da CBSurf. Responsável pela reestruturação da modalidade no ano de 2017 e fundador do Conselho de Atletas da Confederação Brasileira de Bodyboarding, Eder será a voz do esporte na Confederação Brasileira de Surf.

“Dizem que toda ação tem uma reação. Após ajudar na restruturação do bodyboarding, será uma honra pode representar a nossa modalidade dentro da CBSurf e ser o porta-voz das nossas demandas.” declarou Eder Luciano. O Bodyboarding é representado internacionalmente pela ISA – International Surfing Association, que reconhece no Brasil a CBSurf como entidade oficial por todas as modalidades pertencentes à ISA.
 
Desta forma, a aproximação da CBRASB com a CBSurf é um passo importante para o desenvolvimento da modalidade. Depois da ISA e CBSurf passarem a pertencer ao movimento olímpico, ficou mais claro que as entidades precisam se aproximar da “entidade-mãe” e essa aproximação se tornou realidade através da Diretoria Administrativa e Financeira da CBRASB que promete muito mais novidade em breve.
 
“Nosso pleito foi apresentado em julho para o Presidente da CBSurf e saímos com a promessa de que o tema seria levado ao jurídico e aos atuais membros da Comissão de Atletas para verificarem a viabilidade” comenta Gustavo Morais, Diretor Administrativo e Financeiro da CBRASB. O modelo proposto para a CBSurf é que o representante do Bodyboarding seja o Presidente do Conselho de Atletas da CBRASB formado por 3 homens (Eder Luciano- SC, Uri Valadão – BA, Roberto Bruno – CE) e 3 mulheres (Neymara Carvalho – ES, Isabela Sousa – CE, Nicolle Calheiros – RJ).

Importante salientar que o representante do Bodyboarding também terá direito a voto nas Assembleias da CBsurf e isso faz com que esse momento seja inédito. “Agradecemos ao senhor Adalvo Argolo (Presidente da CBSurf) e aos membros da Comissão de Atletas por atender nosso pedido e dizer que a comunidade do Bodyboarding se sente prestigiada em estar representada na CBSurf.” finaliza Jarbas Soares, Presidente da CBRASB.
 
Fazem parte da Comissão de Atletas: Bruno Galini (Surf), Carlos José Oliveira de Jesus (Longboard), Luiz Phelipe Nobre (Para Surfing), Ivan Tadeu dos Santos (Stand Up Paddle), Nathalie Martins (Surf), Wiggolly Dantas (Surf), Suelen Naraísa (Surf) e Eder Luciano (Bodyboarding).

Texto: Danilo Cabloco, assessoria da CBRASB

Fotos: Pablo Jimenez/ISA

2ª ETAPA DO CIRCUITO BRASILEIRO DE SURF PROFISSIONAL SERÁ REALIZADA DE 25 A 27 DESTE MÊS NA PRAIA DA TAÍBA

As baterias e o cronograma do Maresia apresenta CBSurf Pro Tour 2020 já estão definidos. A 2ª etapa do Circuito Brasileiro de Surf Profissional será realizada de 25 a 27 deste mês, na Praia da Taíba, em São Gonçalo do Amarante, no Ceará, reunindo as categorias masculina e feminina, com uma premiação de R$ 80 mil, dividida igualmente entre os gêneros. Cada vencedor garantirá R$ 12 mil.

Até o momento, 111 atletas, 88 homens e 23 mulheres, de 12 estados, estão inscritos. Ainda há vagas abertas nas duas categorias e as inscrições podem ser feitas pelo novo sistema de gestão desportiva da CBSurf. O limite de atletas estabelecido para a etapa é de 32 no feminino e 112 no masculino.

Pelo cronograma divulgado, as mulheres são as primeiras a entrar no mar, na quarta-feira, competindo até as quartas, tendo as finais na quinta-feira. Os homens também surfam no primeiro dia, com a bateria decisiva na sexta-feira.

Assim como na etapa inicial, em Ubatuba, o evento está sendo realizado em dias de semana, para evitar aglomerações na praia, devido à pandemia do coronavírus. Medidas de prevenção serão adotadas, com um protocolo de segurança, que deverá ser cumprido por todos os surfistas, técnicos, acompanhantes e membros do staff técnico.

O CBSurf Pro Tour 2020 ainda terá a etapa final nos dias 18 a 20 de dezembro, em Salvador, na Bahia. Mais informações sobre a disputa na Praia da Taíba, com Amelio Jr amelio.junior@uol.com.br ou 85-999868538.

O Maresia apresenta CBSurf Pro Tour 2020 tem o patrocínio do Governo do Estado do Ceará, com apoios da Prefeitura de São Gonçalo do Amarante, Revista Beach Show, Orbetelecom, Pousada Arco Mundial e Pousada da Taíba. Realização: Federação de Surf do Estado do Ceará, Top 16 Marketing Esportivo e CBSurf.

As brasileiras estão cada vez mais envolvidas em todas as áreas do surf e conquistando espaços em busca da equidade de gênero. A Confederação Brasileira de Surf (CBSurf) considerou significativo a inscrição de 11 interessadas em participar do Programa Especializado de Arbitragem para Mulheres, lançado pela International Surfing Association (ISA). A entidade brasileira foi responsável por recomendar as candidatas ao órgão máximo do surf mundial.

Entre as inscritas, representantes de vários estados, do Sul ao Nordeste, e das mais diversas áreas. São atletas, paratletas, instrutoras da modalidade, mulheres que já atuam como árbitras em suas regiões. A baiana Carla Circenis é um exemplo e atua na função desde 2004, trabalhando em eventos locais, regionais, estaduais e nacional.

A paranaense Barbara Sieno também já desempenha a carreira em campeonatos locais e estaduais. Cristiana Pires é atleta profissional de longboard, já competiu no Circuito Mundial e foi terceira colocada no WSL Sul-Americano. Chantalla Furlanetto também foi competidora e hoje tem um projeto de divulgar o surf feminino. Denise de Siqueira participou do ISA Para Surfing 2020 com a seleção brasileira e trabalha com pesquisas envolvendo o surf adaptado.

Fernanda Tolomei é mais uma atleta do para surfing e foi a primeira mulher a representar o Brasil no Mundial Adaptado da ISA. Há, também, Luana Nobre, uma das fundadoras da ONG ADAPTSURF, coordenadora do Projeto Surf Adaptado e atuou como técnica da primeira equipe brasileira no Mundial ISA de Surf Adaptado, em 2015 na Califórnia.

O curso on-line e em inglês será realizado de 1º a 3 de dezembro, totalmente subsidiado pela ISA, e visa qualificar as mulheres aspirantes à função. A coordenação será de dois membros da comissão técnica da modalidade nos Jogos Olímpicos de Tóquio, Erik Kramer e a campeã mundial de longboard da ISA e árbitra da entidade e da WSL, Tory Gilkerson única mulher entre os árbitros na estreia olímpica do surf.

Foto: Luiza Barreto

“Muito importante ter esse número significativo de mulheres querendo ocupar seus espaços. Isso vai ao encontro do trabalho que desenvolvemos aqui na CBSurf com ações na gestão, garantindo o espaço das mulheres em nossa estrutura. Recentemente tivemos a eleição de mais uma representante na Comissão de Atletas, aumentando essa participação. Nosso objetivo é trabalhar sempre para a equidade de gênero, como o Comitê Olímpico do Brasil, o COB, e a ISA vem fazendo muito bem’, destaca o presidente da CBSurf, Adalvo Argolo.

Foto – crédito e agradecimentos – Luiza Barreto

PONTUAÇÃO POR EQUIPES ESTADUAIS – I ETAPA CBSURF JUNIOR TOUR 2020 – Itacaré

PONTUAÇÃO POR EQUIPES ESTADUAIS – II ETAPA CBSURF JUNIOR TOUR 2020 – Itamambuca

CBSURF Júnior Tour 2020 – Ranking Final por Equipes